Isabela Soller explicar como funciona o mercado publicitário na época de Natal

A época de Natal desperta sentimentos de paz e amor no mundo. E para a publicidade, essa época tem grande valor. As vendas aumentam com a procura de presentes para as festividades, e é a hora de o mercado inovar para conquistar seus consumidores. Com o intuito de transmitir uma mensagem de forma mais sentimental, as marcas apelam pelo modo imperativo e emocional das chamadas para convencer o consumidor final.

Isabela Soller

Nesse sentido, Isabela Soller explica que além de vender, na época de natal, as marcas também querem emocionar os consumidores.

“No natal as marcas buscam duas coisas: vender e emocionar. Já que a época vem com o contexto fraternal, familiar, de amor, paz e renovação. Então, as marcas usam influenciadores para vender, usando esse mix de emoções com o aproach vendável. Quanto mais ele estiver conectado e alinhado com os propósitos da marca, mais ele vai conseguir transmitir isso de uma forma carinhosa e emplacar as vendas”, explica ela.

Apesar das celebrações natalinas serem uma época de grandes vendas, Soller explica que a demanda e o valor de publis depende muito de cada influenciador. Ela enfatiza ainda adequar a quantidade de publicidade gerada por dia.

“Para dias muito próximos, uma semana antes do natal, é como black friday. Sua demanda vai ser maior e você vai precisar separar um espaço de tempo para poder gerar esse conteúdo, para não ter que fazer dez publis no mesmo dia, podendo prejudicar você e a marca. Primeiro, você precisa filtrar o que de fato você quer falar. Aqui no escritório, nós não fazemos mais de três publicidades por dia de forma alguma. O ideal é uma, duas às vezes, e três apenas em datas como muita demanda”, conta.

Fonte: Jornal de Brasilia


Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *